O martírio de Ignacio de Azevedo e seus companheiros é uma página da nossa história pouco divulgada.

São José de Anchieta fez poesias citando  Ignacio e seus companheiros que foram mortos em 1570  pelos protestantes franceses. Eis uma delas:

Afogo-os em o mar

um herege com furor:

Jesus, doce redentor,

com isto quis afogar

seus pecados com amor.

 

O Jacques os ofendeu

sem eles o  constratar

e com morte singular,

com a sentença que deu

afogo-os em o mar.

Veja o vídeo. Clique aqui